FINANÇAS

RESIDÊNCIA MÉDICA

FACULDADE

SÁUDE MENTAL

CARREIRA

5 itens para melhorar seu currículo na pandemia

5 itens para melhorar seu currículo na pandemia

A saúde é o principal nesse momento, mas estar em casa ou estar com aulas práticas suspensas não impede você de melhorar seu currículo na pandemia.

Há praticamente um ano a situação tá crítica, isso é inegável. E quando todos nós achamos que os casos iriam começar a diminuir, até pela vacinação, fomos surpreendidos por números recorde de mortes e de infecções.

Por isso, depois de um ano atípico, com muitas atividades e até mesmo cursos interrompidos ou transferidos pra internet, é importante não se manter parado! Aliás, o ideal era que você tivesse tentado se manter produtivo desde março de 2020…

Mas relaxa, a gente veio aqui te dar umas dicas de como melhorar seu currículo na pandemia! Existem várias opções interessantes pra você fazer isso, que podem ser feitas do conforto da sua casa, protegido do corona.

Mas é importante melhorar seu currículo na pandemia?

Antes de uma responder, é preciso frisar uma questão: SEMPRE é importante melhorar seu currículo, independentemente do contexto!

“Ah, então eu devo ter uma gaveta inteira só com meus certificados? É isso?”

Calma, melhorar seu currículo não é sinônimo, necessariamente, de certificações. O mais importante são as skills que você desenvolve ao longo do processo. Pensa aqui comigo: vale mais um estágio com certificado que você não aprende nada ou um sem certificado que você aprende mil e uma coisas novas?

Até porque, se você possui um certificado, você deveria saber sustentá-lo. Afinal, de que vale aquele pedaço de papel ou aquele PDF bonito com seu nome se você não souber do que se trata o assunto? Não é legal, né? Ainda mais se te questionarem sobre durante uma entrevista de residência.

Esse é outro ponto importante, por mais que o conhecimento seja mais importante que o certificado, algumas residências irão pontuar atividades, e você precisará comprovar sua participação. Então fica ligado!

Resumindo aqui pra vocês, pra não ficar confuso: não faça atividades só pela certificação, mas pelos ganhos que ela trará, mas tenha sempre em mente que algumas certificações podem te dar um bom empurrão na hora de entrar na residência.

E como melhorar seu currículo na pandemia?

A resposta pode parecer até meio óbvia, mas a melhor maneira é treinando habilidades extra-acadêmicas ou desenvolvendo projetos que não dependam de presença física na faculdade, e pode ter certeza que é mais fácil do que aparenta ser.

Mas fica tranquilo, vamos te dar umas dicas boas aqui pra você melhorar seu currículo na pandemia, se liga!

Dica 1: Artigos de revisão ou relatos de experiência

Existem vários tipos de artigo, e nem todos precisam de grupos este e controle, sabia? Os artigos de revisão e os relatos de experiência são bons exemplos. Você vai estudar a metodologia científica na prática.

Pra fazer um artigo de revisão e melhorar seu currículo na pandemia, você vai precisar pensar em um tema que te interesse e tenha bom domínio. Depois, pesquise bastante sobre ele nas bases de dados, como PubMed.

Dois tópicos importantes: 

1- Pesquisar revistas antes, ver quais as exigências e exemplos de artigos de revisão pra que o seu fique no formato ideal!

2- Fale com algum professor seu e pergunte se ele pode te orientar, além do nome dele dentre os autores dar mais força pro trabalho, você terá uma bela ajuda

Agora, se o seu objetivo é fazer um relato de experiência, você precisa detalhar bem algum evento maneiro que tenha participado, como congressos que organizou pela liga ou projetos sociais que coordenou junto ao centro acadêmico. As dicas aí em cima podem te ajudar aqui também!

Essa dica é legal porque ela abre um leque de opções, você pode desde apresentar seu trabalho em eventos, já angariando um certificados legais e treinando skills importantes, e pode também submeter pra publicação, que é mais trabalhoso, mas com retorno maior no currículo.

Dica 2: Inglês

A gente já falou várias vezes sobre o inglês por aqui, né? Sinal que ele é realmente importante, então não dá bobeira!

O corona obrigou vários negócios a migrarem pro mundo digital, e cursos de inglês não foram exceção. E não vai achando que todos são caros, se você procurar, pode até achar opções gratuitas ou bem em conta. Então, você possui grande independência para estudar aqui.

Existem duas maneiras bem legais de aprimorar seu inglês também. A primeira é assistindo filmes e séries com legenda em inglês, pra você aprender até durante o descanso. A segunda é ler artigos em inglês, de maneira a aprender a língua e o conteúdo.

Só toma cuidado com o que falei aí em cima, porque o inglês de artigos é mais técnico, então é natural que você tenha um pouco mais de dificuldade! Mas a melhor maneira de aprender bem é começar o quanto antes, então let’s go, my friends!

Dica 3: Eventos internacionais ou em outros estados que estejam acontecendo remotamente

Já dei um spoiler dessa dica quando tava falando dos artigos, mas vamos aprofundar um pouquinho mais aqui.

Sabe aquele evento da sociedade americana que acontece geralmente em Nova York? E os congressos brasileiros que são cada ano em um estado? Pois é, muitos deles já reservaram o mesmo espaço pros próximos eventos, a internet.

Vão ter opções gratuitas, opções baratas e opções caras, mas só de não pagar o transporte e a estadia, já é um grande alívio pro bolso. Além disso, a imensa maioria possui preços menores pra acadêmicos, então fica ligado! Eventos internacionais têm peso grande na pontuação da residência.

Veste uma camisa bonita, uma calça de pijama e tenta interagir com os outros participantes nas salas virtuais, pode acabar construindo um networking maneiro do seu próprio quarto.

Uma questão bem importante aqui é você de fato assistir aos eventos, não adianta deixar rolando no computador enquanto você faz outras coisas. É o que já disse antes: o certificado importa, mas você precisa ter o conhecimento atrelado a ele.

Dica 4: Substitua as horas que você gastaria no trajeto por alguma atividade remunerada

Uma maneira legal de melhorar seu currículo na pandemia e até juntar um dinheirinho, é se enfiar em alguma atividade remunerada. A gente já deu 15 dicas pra vocês, checa lá e vê o que faz sentido pra você!

A gente sabe que não ir pra faculdade presencialmente não necessariamente é sinônimo de mais tempo livre, mas é inegável que grande parte de vocês “ganhou” um tempinho trocando o caminho casa-faculdade pelo caminho quarto-sala.

Pega essas horinhas ou minutos a mais e vai tocando esses projetos paralelos. Você vai desenvolver skills importantes e ainda vai conseguir investir um dinheiro ou pedir aquele delivery pra agitar o final de semana.

Dica 5: Maratonar o MedSkill

Fica até complicado resumir tantas possibilidades em um único texto. Mas fica tranquilo, lá no MedSkil a gente dá várias dicas bem explicadinhas sobre como melhorar seu currículo na pandemia.

Você vai abrir a sua cabeça e conhecer diversas novas habilidades que podem te fazer um aluno diferenciado. Claro, isso não vai ter um ganho direto na pontuação pras provas de residência, mas com certeza o ganho indireto e o aprimoramento profissional dispensam comentários.

Imagem ilustrativa do MedSkill, dica para melhorar o seu currículo na pademia

Fica ligado: melhorar seu currículo na pandemia não impede outras atividades de crescimento pessoal

As dicas que falei ali em cima são focadas no que as residências gostam. Existem vários outros tópicos que vão te garantir uns pontinhos aqui ou acolá no processo seletivo, mas a gente deu uma condensada pra você maximizar seu aproveitamento enquanto a situação não melhora.

A gente já deu várias dicas legais lá no nosso guia do estudante diferenciado, então aproveita esse momento pra ir além da medicina e tentar ser a sua melhor versão. Isso com certeza te fará um médico melhor no futuro!

É isso, pessoal. Continuem cuidando da sua de vocês e das pessoas próximas e aproveitem pra melhorar seu currículo na pandemia enquanto torcemos por dias melhores!

Um abraço,

Eric Slawka

 

Isso fez sentido pra você? Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Digite o email em que você quer receber o Checklist: