Centro Cirúrgico – como se portar?

Centro Cirúrgico – como se portar?

“UHUUUUL! É dia de Centro Cirúrgico, até que enfim!”

Essa é a reação de muitos acadêmicos ao saber que será a primeira vez em estar no centro cirúrgico… viver aquelas cenas que tanto sonhamos e vemos em Grey’s Anatomy, não é mesmo?

Mas calma ae! Realmente é muito empolgante, porém o centro cirúrgico é um ambiente de trabalho, então exige cordialidade e respeito. 

Pensando nisso, separei para vocês as melhores dicas de como se portar e não fazer feio. Bora lá?

 

1. Quero assistir uma cirurgia, como conseguir entrar no centro cirúrgico?

“ O mais difícil é dar o primeiro passo!”, como dizem nossos queridos Vitão, Maikel e Bernardo. Então, se você já tem esse anseio, use-o de motivação para ir falar com algum cirurgião do seu hospital escola!

SIMMM! É simples assim, basta pedir e se mostrar interessado. A maioria dos médicos, inclusive, se sente lisonjeado e feliz com seu pedido. Caso você não tenha muito contato com os staffs – os chefões, peça a um residente de cirurgia para entrar no centro cirúrgico e ajudar no que for preciso. 

Existe também uma forma bem legal de ficar mais íntimo do centro cirúrgico e expandir seu conhecimento sobre cirurgia: as ligas acadêmicas! 

Elas oferecem oportunidades de estágios práticos em plantões de cirúrgica e também em acompanhar cirurgias bem de pertinho. 

Aproveitando esse gancho, temos esse post SUPER completo sobre como dirigir ligas acadêmicas! Se na sua faculdade ainda não tem alguma liga na área de cirurgia que ofereça essa experiência de estar no centro cirúrgico, que tal você mesmo criar uma? 

 

2. Pronto! Consegui uma cirurgia para acompanhar. Agora o que fazer?

Antes de chegarmos ao centro cirúrgico, te aconselho a estudar sobre a cirurgia que vai acompanhar. 

Claro que não precisa saber o que é feito em cada tempo cirúrgico, mas estude sobre as indicações cirúrgicas, sobre o quadro clínico do paciente e a doença a ser operada, revise seu prontuário caso exista essa possibilidade e investigue sobre o pré e pós-operatório.

Isso tornará a cirurgia mais produtiva para você! Estará mais familiarizado com o que está acontecendo e poderá tirar suas dúvidas.

Então, depois disso, o primeiro de tudo no centro cirúrgico é se apresentar à equipe! A partir do momento que todos te conhecem, você começa a ganhar uma certa credibilidade, e fica até mais fácil voltar ali para outras cirurgias.

AH! Não esqueça de se paramentar.

Ao entrar no centro cirúrgico, deve colocar a toquinha e a máscara (que já vem nos acompanhando há um tempo), colocar o pijama cirúrgico e em alguns lugares, o propé. E o mais importante, NÃO TOCAR EM NADA hahaha o centro cirúrgico é um ambiente limpo, e possui áreas estéreis, então cuidado com a contaminação!

Agora, uma das coisas mais interessantes a se fazer é observar, olhar tudo que está acontecendo ali!

 O fluxo das pessoas entrando e saindo, a função de cada uma, como os cirurgiões se paramentam, a posição dos membros, como se monta a mesa de instrumentação e o nome de cada instrumento cirúrgico e como eles os manuseiam, e o andamento da cirurgia como um todo. 

Esse momento de observação do funcionamento do centro cirúrgico te fará se sentir menos perdido das próximas vezes. Te dará mais segurança em pedir para participar de alguma forma futuramente.

 

3. Me chamaram para instrumentar no centro cirúrgico, e agora?

Essa é uma oportunidade ótima e vai te deixar mais pertinho do passo a passo da cirurgia, então deixe o medo de lado e aproveite! 

Nesse sentido, caso você não tenha tido ainda a disciplina de técnicas cirúrgicas ou a tenha tido há muito tempo, a dica é: cola no R1 (residente que está no primeiro ano da residência)! Hahaha, acredite, eles serão seus melhores amigos no centro cirúrgico.

Por isso, ao ir se lavar e paramentar, chame-o para te auxiliar. Faça a assepsia das mãos e antebraços, a secagem com compressa estéril, coloque o capote/avental cirúrgico e luvas estéreis. 

Pronto, você está estéril! Então não toque em nada contaminado hein…

Agora é montar a mesa de instrumentação. Caso você não lembre certinho, os residentes ou a equipe de circulantes ou a enfermagem podem te ajudar. Aproveite para ir revisando o nome de cada instrumento e se esquecer de algum, pergunte nesse momento!

Então, mãos à obra, e fique atento para tudo que está acontecendo na cirurgia, para que não atrapalhe de alguma forma.

 

 

É isso, aproveite essa experiência de estar no centro cirúrgico vendo a cirurgia de pertinho. Sempre agradeça ao final pela oportunidade, e você, inclusive,  já pode até perguntar quando serão as próximas cirurgias e se poderá acompanhá-las.

 Esse interesse vai criar aquele networking bacana, abrindo muitas portas para você.

Espero que aproveitem as dicas,

Dani Brito

 

PS: no MEDSKILL  temos um curso inteirinho falando mais do Centro Cirúrgico e como se portar! 

Então garanta seu acesso à plataforma e tenha acesso a esses e muitos outros conhecimentos!

 

Isso fez sentido pra você? Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Digite o email em que você quer receber o Checklist: