Currículo na medicina: o que fazer na reta final?

Currículo na medicina: o que fazer na reta final?

Muitas residências consideram o seu currículo na medicina. Por isso, muitas vezes isso gera certa tensão nos internos. Mas podem ficar calmos! Hoje vou falar um pouquinho sobre esse tema com vocês.

Primeiramente, é interessante você saber que nem todos os editais consideram o currículo na medicina. Em alguns casos, basta ter um notão na prova, apenas. Em outros, você precisa do notão e de um currículo maneiro. Nesse vídeo o Bernardo lista alguns editais com análise curricular, checa aí!

Editais com análise de currículo na medicina presencial e remoto

De cara, já posso falar de uma diferença nos editais. Existem aqueles que você vai precisar ir até lá e argumentar em cima do seu currículo na medicina e aquelas que você vai apenas enviar os documentos.

Claro, a entrevista é um momento de tensão e você vai precisar estar preparado. Então, é importante estar treinado, não vai achando que é uma conversa de bar!

Além disso, nesses casos, o fator subjetivo é importante. Experiências mais interessantes ou focadas na área da residência certamente vão impressionar mais o entrevistador. Só cuidado pra não focar durante a sua formação inteira em uma única especialidade, tenha mente aberta e seja um aluno fora da curva!

Critérios observados no seu currículo na medicina

Muitos editais consideram os mesmos pontos. No entanto, é possível que haja algumas diferenças entre eles. Por exemplo, um serviço de cirurgia pode pontuar ATLS, enquanto um de clínica, não necessariamente. 

Dessa forma, você precisará ler o edital do seu local de residência de escolha.

Um ponto importante é que geralmente há pontuação máxima para cada tópico. Com isso, se você fizer mil monitorias ou uma, é possível pontuar a mesma coisa. Fica ligado, então, para não se pegar mil atividades apenas por achar que vai mandar super bem na nota.

Não viva em função dos editais

A faculdade te proporciona mil oportunidades. Por isso, você não deve fazer apenas aquilo que pontua em um edital de residência.

Aproveite enquanto você ainda é estudante e se desenvolva como médico e como pessoa o máximo que conseguir! Com certeza, a responsabilidade vai aumentar quando você tiver um CRM em mãos.

Agora é a hora de aprender muito, de errar e de consertar. Viva a faculdade e não deixe esses últimos anos do curso passarem em vão.

Se precisar de uma ajudinha nesse ponto, dá uma conferida no MedSkill, que lá tem muitas aulas de primeira pra te ajudar!

Banner para o MedSkill

Algumas dicas pro seu currículo na medicina nessa reta final do curso

1 – Não deve ser seu foco principal nesse momento

O currículo pode até pontuar em alguns editais. Contudo, isso geralmente é uma porcentagem menor da nota final. A maior parte vem das provas.

Com isso, o seu foco maior deve ser no estudo pra residência. Então, corre lá no Mentoria Residência e se prepara pra mandar bem demais nas suas provas!

residência médica

2 – Não esqueça de aproveitar o momento e sua saúde, nem tudo é currículo na medicina

Depois da faculdade, é comum cada um seguir seu caminho. Por isso, aproveite os seus amigos e colegas, essa experiência não vai se repetir.  Se divirta nessa etapa, também.

Além disso, você só vai conseguir mandar bem mesmo nas provas, se estiver com saúde boa, Então, não deixe sua saúde, tanto física quanto mental de lado nesse momento, ela pode ser sua grande aliada!

3 – Aproveite pra aumentar seu networking

Pode não entrar no Lattes, mas boas conexões são importantes na medicina. Por isso, tente se aproximar dos seus professores, principalmente se for da sua área de interesse. Com certeza, existem muitos médicos bons dentre eles.

Além disso, quem sabe não acaba pintando alguma oportunidade profissional depois que você se formar? Fica de olho e cola neles!

4 – Não dá pra fazer um currículo na medicina perfeito nessa altura

Se você estiver inseguro e quiser dar uma aprimorada no currículo nesse momento, precisa focar no que consta na maioria dos editais. 

Com isso, monitorias, pesquisa científica, ligas acadêmicas, proficiência em inglês e estágios certificados são boas alternativas. Podem ser o último sprint dessa maratona de 6 anos!

Bom pessoal, por hoje era isso que eu queria falar com vocês. Espero que consigam construir um bom currículo na medicina ao longo da faculdade. Se precisarem de ajuda, só correr lá no nosso Insta!

Grande abraço,

Eric Slawka

 

Isso fez sentido pra você? Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Digite o email em que você quer receber o Checklist: