Intercâmbio na medicina: 3 dicas fundamentais

Tenho certeza que muitos de vocês já sonharam com um intercâmbio na medicina, estou certo? Seja pra ganhar vivência, conhecer outra medicina ou até mesmo aproveitar um ambiente do seu interesse, há muitos motivos para esse desejo.

Independente da origem do seu desejo, não basta apenas querer. Para conseguir o tão sonhado intercâmbio na medicina é essencial você se preparar e traçar planos e metas para conquistar o seu objetivo. Afinal, se você faz metas pro estudo na residência, por que não fazer nesse caso também?

Hoje, vou falar com vocês um pouquinho sobre algumas coisas importantes pra você conquistar a sua chance! Tudo isso eu usei no meu caso e me ajudou a conquistar o meu, então vale a pena dar uma chance!

Vamos lá, então?

Pra fazer um intercâmbio na medicina é essencial saber falar a língua

Eu sei que existem várias oportunidades dentro do país, mas para qualquer intercâmbio na medicina internacional é essencial saber falar a língua do país.

Pensa aqui comigo: entender a medicina em português já nem sempre é uma tarefa fácil, né? Agora imagina isso em uma outra língua? Já imaginou o desastre se você não mandar bem nela?

Vários editais formais e informais vão exigir um comprovante de fluência ou até mesmo uma reunião na língua do local. Então seja organizado, se programe e estude bastante. Vale ler livros na língua desejada, ver filmes e muitos outros.

E foi pensando nisso que a gente lançou um curso de inglês médico lá no MedSkill, pra você ficar por dentro dessa língua que talvez seja a mais importante de todas! Tá esperando o que pra conferir?

Planejamento financeiro é essencial

Se você é ADM de verdade, já sabe que pode ganhar um dinheiro ainda na faculdade e até mesmo investir, né? Ainda assim, um intercâmbio na medicina vai exigir uma moradia nova e todos os gastos associados.

Por isso, você vai precisar de organização financeira e controle de gastos. Às vezes vai até precisar tirar um pouco do dinheiro investido. Mas lembre-se: você está investindo em você mesmo e, muitas vezes, isso não tem preço. E se o preço for realmente uma questão impeditiva, vale a pena tentar buscar patrocínios ou bolsas por aí.

E também vale pesquisar direitinho, já que obviamente existem opções bem mais caras e outras mais acessíveis, ainda que não sejam tão baratas. O ideal é você se planejar e não acabar nem perdendo a oportunidade nem se colocando em uma furada pra conseguir pagar.

O seu intercâmbio na medicina pode depender de apenas um contato

Pelo subtítulo, talvez não tenha ficado tão claro. Mas eu tô me referindo ao bom e velho networking, que vocês tanto já ouviram por aí.

Pode parecer mentira, mas aquele contato que você fez num evento médico ou até mesmo pela internet pode ser a sua chave pra conseguir o intercâmbio na medicina. 

Por isso, tente construir uma rede de relacionamentos na área, seja interessante e sempre se pergunte o que você pode agregar aos outros em vez do que eles podem te agregar.

Dessa forma, você vai ser lembrado e recomendado quando pintarem oportunidades de intercâmbio. E também não adianta ser passivo, é preciso proatividade e manter essas conexões vivas!

Bom pessoal, essas foram algumas das coisas que me ajudaram a conquistar o meu intercâmbio na medicina. Espera que ajude vocês a conquistarem o de vocês! Se precisarem de ajuda, só chamar lá no nosso Insta!

Grande abraço,

Eric Slawka

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.