Internato de Medicina: 15 passos para você se destacar

Internato de Medicina: 15 passos para você se destacar

Falaaa galera! Hoje falaremos sobre como dominar uma das fases mais enriquecedoras e de maior aprendizado durante a faculdade: o internato de medicina ! 

Essa etapa é aquela que dá brilho nos olhos e faz o coração de qualquer estudante de medicina disparar o coração de ansiedade. Afinal, é hora de colocar a mão na massa.

Por isso, aqui vão algumas dicas para você ter o melhor aproveitamento possível no seu internato, vamos lá?!

1. Seja um interno proativo

Pode parecer clichê, eu sei, mas essa é uma dica que realmente será um divisor de águas na sua prática médica.

A proatividade no seu estágio começa desde o momento em que você pisa no ambulatório, enfermaria ou plantão e se apresenta à equipe que você acompanhará, demonstrando interesse em aprender e dar a assistência necessária.

 Desse modo, as pessoas que estão ali irão depositar confiança em você! Te darão mais liberdade para realizar atendimentos e procedimentos, IHUUUL!

Logo, não seja aquela pessoa que entra mudo e sai calado haha. Pergunte, questione, participe, ajude, nem que seja preenchendo uma papelada inicialmente. Aos poucos você vai conquistando seu espaço no seu internato de medicina.

 

2. Estude seus pacientes no internato de medicina

É muito comum no internato de medicina, em alguns rodízios, ficarmos responsáveis por evoluir e acompanhar um paciente fixo. E esse é seu momento de se sentir e se portar como médico! 

Assim, trate esse paciente como você realmente fosse responsável por ele, como se fosse seu CRM ali no carimbo: 

  • Converse e extraia todas as informações de sua história para construir uma anamnese
  • Conheça seus medos e ansiedades
  • Esclareça dúvidas sobre condutas e tratamentos
  • Acompanhe suas cirurgias se esse for o caso
  • Vá ao leito dele todos os dias para evoluí-lo e analisar se houve intercorrências
  • Peça ao residente ou preceptor para te ajudar a entender a prescrição
  • Estude a doença e comorbidades envolvidas

São esses casos que você vai lembrar para o resto de sua carreira, e não irá titubear em dar a conduta futuramente. Então estude ele afundo, se dedique!

 

 3. Não tenha medo de errar

Entenda: o internato de medicina é a hora de errar! 

Então, não deixe o medo te imobilizar e te impedir de adquirir um novo conhecimento. Você está em um ambiente de aprendizado, seus preceptores sabem disso, os residentes sabem disso, seus colegas sabem disso. 

Portanto, não se cobre tanto e deixe a vergonha e insegurança de lado. Pegue essa oportunidade para arriscar, tirar suas dúvidas e aprender com seus erros durante o internato!

 

 4. Seja pontual no seu internato de medicina

No internato de medicina estamos atuando no serviço de um hospital, então temos que agir de forma responsável e respeitar isso, seguindo os horários da maneira devida. 

Existe o horário de evolução dos pacientes da enfermaria, o horário de iniciar o ambulatório, o horário de instrumentar uma cirurgia, por isso não se atrase! 

Em outras palavras: tudo é bem sistematizado e o serviço conta com você para seu bom funcionamento.

Além de causar aquela boa impressão que pode te dar a chance de desenvolver ali um novo networking.

 

 5. Respeite a equipe multiprofissional

Nos hospitais, os médicos, com certeza, não trabalham sozinhos! Existe ali, junto ao paciente, uma equipe multiprofissional que inclui enfermagem, fisioterapia, terapia ocupacional, dentre outras profissões. 

Por isso, aproveite esse ambiente do internato de medicina para começar a desenvolver o respeito pelo trabalho em equipe, especialmente com a enfermagem, que te dará a maior assistência no acompanhamento do paciente.

 Consequentemente, você também pode usar essa oportunidade e aprender muito com os enfermeiros: peça ajuda para colher uma gasometria, passar uma sonda vesical ou um acesso periférico… eles têm muito a agregar.

 

 6. Tenha um caderninho à mão no internato de medicina

Somos bombardeados com novas informações o tempo inteiro no internato de medicina. E, uma forma de reter melhor aquelas mais importantes é ter um caderninho para anotar os dados mais relevantes dos casos que vemos diariamente. 

Nesse sentido, com esse caderninho você pode:

  • Anotar os casos de seus pacientes para lembrar de estudá-los em casa
  • Escrever as prescrições realizadas na enfermaria ou ambulatórios para ir treinando as condutas priorizadas em cada caso
  • Registe os valores de referência que sempre esquecemos para lembrar na hora de analisar algum exame laboratorial

Assim, não deixe de ter um! Pode te ajudar bastante a não ficar tão perdido no internato de medicina!

 

7. Use roupas confortáveis durante seu internato de medicina

Essa é uma fase que passamos incontáveis horas no hospital. Por isso opte sempre por roupas confortáveis e que, ao mesmo tempo, passem uma boa impressão. 

Exemplos disso é você investir em  um tênis com amortecedores, em crocs, em roupas não muito apertadas e que te façam se sentir bem, para aguentar a correria do dia! 

 

8. Não abandone a prática para ficar em dia com o cursinho

Essa é uma das dicas mais importantes. 

O internato de medicina, além de ser uma nova fase no ciclo universitário, trazendo a prática médica diariamente para nosso cotidiano, também é um período de novos objetivos, dentre eles o estudo para residência. 

Por isso, manter uma organização que permita você conciliar os dois de forma equilibrada é o que devemos buscar. Muitas vezes você vai estar em atraso com seu cronograma de cursinho, e isso é normal, aos poucos vai se recuperando e organizando. Mas não deixe de se dedicar à sua prática, de estar ali no hospital de corpo e alma, para priorizar estar em dia com a matéria. 

Resumindo: não seja a pessoa que chega no ambulatório de seu internato de medicina já querendo ir embora para assistir a aula atrasada! 

Ou seja, se dedique àquele momento único, invista nele para aprender com seu paciente – algo que vai te marcar para vida e também para as provas.

E para te dar um norte inicial sobre estudos para prova de residência e você não se perder nesse caminho, temos o post PERFEITO para você: Residência médica: por que só ler apostila não te leva à aprovação?

AAAAAH! E acima de tud0, o Bernardo tem as dicas e técnicas mais estratégicas para você ser os 5% dos aprovados que podem escolher sua residências dos sonhos!

Dá uma olhada lá no Mentoria Residência!

 

9. Planeje sua semana e intercale estudos de internato de medicina e residência

Planejamento é a chave! 

Como falei, os estudos para residência vão começar, mas não devemos deixar de lado o internato de medicina. Por isso, todo final de semana, organize seus horários semanais, vendo seus momentos sem atividades, e já programe o que fará em cada um deles.

Dessa forma você manterá uma regularidade e criará uma disciplina.

 Como esse início de estudos e internato de medicina não é fácil, já separei algumas dicas que vão te ajudar a manter sua organização aqui!

 

10. Se informe quanto ao estágio com grupos que já passaram por ele

Normalmente os estágios no internato de medicina funcionam por meio de rodízios, então muito provavelmente um grupo já passou por aquele estágio que você está atualmente. 

Desse modo, aproveite disso! Alguns dias antes de começar pegue todas as dicas possíveis: como são os horários de cada atividade, quais os casos mais recorrentes nos ambulatórios e enfermarias para você dar uma estudada, como determinado preceptor gosta que seja a evolução.

 Assim você se sentirá mais seguro em começar um novo estágio no seu internato de medicina.

 

11. Aproveite para realizar procedimentos no seu internato de medicina

Agora é a hora de você tentar aprender os principais e mais usuais procedimentos na prática médica!

E para isso é preciso, além de demonstrar interesse, tentar aprender o básico sobre o passo a passo deles. Por isso, leia sobre os procedimentos mais comuns e veja vídeos para se familiarizar melhor.

Por exemplo, acesso venoso central, intubação, drenagem de tórax, paracentese, gasometria, sutura, cateterismo vesical, são alguns deles.

  

12. Escolha um bom grupo para o internato de medicina

Essa dica é essencial! 

Não é possível vencer o internato sozinho. Então, é importante você estar em um grupo coeso e com pessoas dispostas a ajudar uns aos outros. 

O diálogo, nesse contexto, também é preciso, visto que sempre existirão diferenças de opinião. Porém, conseguir resolver os problemas na base da comunicação e sem avenças é o que contribuirá para um grupo de sucesso durante todo internato de medicina.

 

13. Estabeleça uma linha de raciocínio própria

Cada pessoa tem uma forma de estabelecer um raciocínio ao se deparar com um novo caso clínico de algum paciente. 

Então, é importante você ter uma linha de pensamento formada, um roteiro pré pronto durante o internato de medicina . Claro que isso vai se flexibilizar conforme o quadro clínico, mas é importante para não esquecer os detalhes principais a serem investigados. 

Juntamente com isso, para te ajudar a alcançar aquela anamnese I-D-E-A-L, temos essas dicas que vão ser o diferencial na história clínica: Anamnese inesquecível: dicas para você fazer a sua.

 

14. Organize seus materiais para o internato de medicina

Não são todos os hospitais que disponibilizam itens importantes e que facilitam o atendimento e avaliação de seu paciente.

 Estetoscópio, esfigmomanômetro, oxímetro, prancheta, caneta, fita métrica, calculadora e cronômetro (pode ser celular, claro!) são alguns que são constantemente requisitados na nossa prática médica.

 Por isso, faça seu checklist e arrume uma bolsinha prática, para colocar os itens que você mais usa e leve-a sempre com você durante seu internato de medicina.

 

15. Aproveite a faculdade

Simmmm, é possível ter vida social! 

Claro que em contexto de pandemia esse item encontra-se limitado, mas  você tem que encontrar um equilíbrio entre o descanso, e os estudos e internato. 

Logo, nesses últimos dois anos dessa trajetória universitária, busque aproveitar os amigos o quanto der… até porque o tempo passa voando, e o que vai restar será saudade.

 

É isso galera, sigam essas dicas e vocês vão brilhar ainda mais e tirar o internato de medicina de letra. Aproveitem bastante essa fase! Todo sucesso para vocês!

 

Um abraço e aproveitem,

Daniella Brito

 

Isso fez sentido pra você? Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Digite o email em que você quer receber o Checklist: