Liberdade financeira: 7 dicas de ouro

Liberdade financeira: 7 dicas de ouro

A liberdade financeira pode parecer muito distante. Contudo, com tempo, calma e organização, é possível atingi-la! Por isso, hoje vou falar um pouco sobre esse tema.

A jornada na medicina é longa. Então, comecem a se planejar agora, ainda na faculdade. Com certeza essa inteligência financeira vai fazer uma baita diferença lá na frente!

Não acredita em mim? Vê aí a opinião de quem já conhece do assunto:

1 – Disciplina com pouco dinheiro é essencial para liberdade financeira

Imagina essa cena aqui comigo. Um aluno de medicina que gastava muito dinheiro e estava sempre endividado se formou. Com o dinheiro dos plantões e da bolsa de residência pingando na conta, o que vocês acham que ele vai fazer?

Pois é, vai continuar gastando um monte. Ou seja, mesmo não tendo muito dinheiro, seja disciplinado. Isso vai te ajudar a não contrair dívidas e também a controlar melhor o seu dinheiro, quando ele chegar. 

Pode ter certeza que se você não souber controlar suas finanças, o caminho para liberdade financeira será muito mais longo e trabalhoso.

Então, mesmo com sua renda de estudante, já treine. Economize e saiba administrar o seu dinheirinho. Você não estuda medicina hoje pensando nos pacientes do futuro? Faça o mesmo com o seu dinheiro!

2 – Nada supera os aportes rumo à liberdade financeira

A constância vai ser sua grande amiga na jornada rumo à liberdade financeira. Por isso, aportes constantes e regulares são importantes nos seus investimentos!

Quem aqui nunca ouviu falar em juros compostos? Pois é, a partir deles, seu dinheiro investido vai crescer cada vez mais. Por isso, é legal você começar o quanto antes, ainda na faculdade, enquanto o tempo está a seu favor.

Não to falando que precisa comprar mil ativos ou investir uma grana preta o tempo todo. Devagar e sempre, focando no longo prazo, tá? Afinal, quem aqui nunca ouviu a avó falando que “de grão em grão a galinha enche o papo”?

3 – Foco na rentabilidade não deve ser prioridade: não seja ganancioso

Quanto maior o risco, maiores os ganhos, isso é um fato. Basta fazer uma analogia com apostas: se você apostar no favorito, o ganho em cima da aposta é menor.

O mesmo vale no mundo dos investimentos. Ou seja, quanto maior a rentabilidade, maior o risco associado. Com isso, você deve olhar além dos possíveis ganhos para atingir a liberdade financeira.  Esteja começando o curso, no internato ou já formado, foco no longo prazo.

É preciso analisar todo o contexto. Assim, pense nos riscos e no que isso vai representar lá na frente. Não seja ganancioso e queira sempre a melhor rentabilidade. Você pode acabar voando muito perto do sol e derreter suas asas.

4 – Tenha metas bem estabelecidas

Já pensou se esforçar um monte sem saber o que esperar, sem possuir algum estímulo? Pois é, para atingir a liberdade financeira, é preciso ter metas e objetivos.

Com isso, você vai sempre ter algo te motivando constantemente. Caso contrário, você pode acabar se desanimando no meio da jornada e, mesmo que já tenha feito um progresso legal, acabar desistindo.

Então, estabeleça metas. Pode ser do jeito que achar melhor, escrevendo num caderninho, colocando no bloco de notas do celular, o que for. O importante é você criar e buscar sempre as suas metas, com calma e organização.

Pode acreditar, é bom demais quando você atinge elas!

5 – Investimento significa qualidade de vida

Existe quem ache que é preciso se abster do presente, pensando sempre no futuro. Por outro lado, existem aqueles que vivem o hoje sem pensar no amanhã. Na minha visão, os dois estão errados.

Você precisa viver e aproveitar a sua vida, mesmo que ainda na faculdade. No entanto, precisa ter foco no futuro também. Assim, os investimentos constantes te ajudam, já que você separa uma parcela dos ganhos atuais lá pra frente. Isso pode começar já, é super possível o estudante ganhar um dinheiro!

Dessa forma, sobra uma quantia pra você conseguir curtir agora e lá na frente, vai ter um patrimônio que vai te permitir grandes feitos, sejam eles viagens, casa própria ou o que você sonhar.  Por isso, investir vai te garantir uma melhor qualidade de vida, mesmo que em alguns meses você precise dar uma apertada maior antes de atingir a liberdade financeira.

6 – Ter liberdade financeira é libertador 

Eu sei que ficou redundante. Contudo, é sempre bom relembrar o porque de tanto esforço e de tanto trabalho.

Você querer algo e não ter dinheiro pra comprar não é tão legal, né? Agora pensa o oposto. Você tem dinheiro pra comprar algo super legal, mas não compra por não querer. Entendeu a redundância agora?

Possuir um patrimônio te permite fazer escolhas e decisões com menos limitantes. Assim, você consegue realizar seus sonhos e desejos mais facilmente.

7 – Junte-se a quem te faz crescer

Se você estiver ao lado de quem te apoia, o caminho pra liberdade financeira é muito mais fácil.

Agora, se você estiver ao lado de âncoras que te afundem, pode ter certeza que vai ser uma jornada longa e cansativa. 

Por isso, ache alguém que te apoia, que te estimule e que te faça ir mais longe. Isso vale nas amizades, na vida amorosa e em tudo que você resolver fazer na sua vida.

8 – Dica extra: o Finanças Dominadas te ajuda a atingir a liberdade financeira

Parece difícil atingir a liberdade financeira, né?

Pensando nisso, o Maikel fez um curso excelente, de médico para médico (ou futuros médicos). Com linguagem clara, acessível e muito conteúdo de primeira. Checa lá, vale super a pena!

Banner para o Finanças Dominadas

Bom pessoal, por hoje era isso que eu queria falar com vocês. Espero que as dicas sejam úteis na caminhada em direção a liberdade financeira de vocês! Se precisarem, já sabem, né? Só chamar lá no Insta!

Grande abraço,

Eric Slawka

 

Isso fez sentido pra você? Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Digite o email em que você quer receber o Checklist: