Medicina em 2022: o que você precisa saber 

Você está começando a faculdade de medicina em 2022? Então, primeiramente, seja bem-vindo! 

Este texto é para compartilhar com vocês algumas coisas que eu gostaria de saber se eu fosse iniciar a minha faculdade de medicina em 2022.

Além disso, eu sei que vocês devem estar ouvindo bastante sobre as mudanças da medicina nos últimos anos. Então eu vou te adiantando: sim, a medicina realmente mudou e está mudando a cada dia. 

Mas calma, você não precisa se apavorar com isso!

Por isso, nós do Além da Medicina te ajudamos a entender essas mudanças e te ensinamos a lidar com elas para você poder exercer a medicina que sempre sonhou. 

Vamos lá? 

5 conselhos na medicina para você se destacar

  1. Aproveite o início da faculdade

O início da faculdade de medicina é um período de muitas mudanças. Sair do cursinho e ingressar na faculdade muitas vezes gera ansiedade e muitas dúvidas de como irá ser essa caminhada.

Mas lembre-se de aproveitar essa fase da faculdade. Participe das recepções e das festas para os calouros. Você estudou muito até chegar na sua aprovação em medicina!

Começando a faculdade de medicina: e agora?

  1. Curta o caminho 

Cada período da faculdade terá suas dificuldades e peculiaridades. Além disso, a carreira em medicina é longa e exigirá longos anos de preparação. Se você estiver sempre com a cabeça lá na frente, desde o início da faculdade, não irá aproveitar a jornada. Além de claro, só gerar ansiedade pelo que está por vir. Assim, fica muito mais difícil, não é mesmo?

Isso porque, cada fase do curso exigirá as preocupações inerentes para aquele momento. Se você focar em cada uma delas, conseguirá ter um aproveitamento ainda melhor.

Por exemplo, você não precisa decidir a sua especialidade nos primeiros semestres da faculdade. Esta é uma preocupação para o futuro. Neste momento, o seu foco deve ser outro. Por exemplo: estudar o conteúdo, fazer amizades, começar uma liga acadêmica, um projeto de pesquisa, participar da atlética e etc.

Medicina e vida pessoal: dá pra conciliar?

  1. Não seja bitolado 

Ter as maiores notas não irá garantir que você será um bom médico no futuro. 

Claro que você deve estudar e procurar entender a matéria. Mas você deve ir muito além disso. 

Assim, procure desenvolver soft skills, habilidades de comunicação, uma boa relação médico paciente, habilidades de liderança e etc.

Medskill: 5 motivos para você assinar hoje

  1. Nunca fica mais fácil 

Como eu disse antes, cada fase da faculdade irá ter seus prós e contras. Mas não caia nessa de que o próximo semestre será mais fácil. Mas também não se assuste com isso.

Cada fase continuará tendo suas dificuldades. Mas lembre-se: cada vez mais você também estará mais preparado para enfrentar elas. Da mesma forma, cada processo fará parte da sua jornada de preparação para se tornar o médico que você quer ser. 

  1. É normal esquecer muita coisa: você não vai lembrar sempre de tudo 

A medicina é muito ampla. Por isso existem diversas especialidades dentro dela. Sendo assim, durante a faculdade você vai aprender um pouco de cada uma (que já é muita coisa). 

No entanto, conforme os semestres vão passando, você irá esquecer muita coisa. Ou seja, você vai acabar lembrando daquilo que mais usa no seu dia a dia.

Além disso, em vários momentos será necessário voltar um pouco e revisar aquilo que você já estudou. Ou seja, pequenas revisões farão parte do seu dia a dia. 

  1. Não caia na conversa de que medicina não vale mais a pena 

Você encontrará na faculdade muitos profissionais frustrados. Eles vão te falar que medicina paga mal, que o mercado está saturado e que não vale mais a pena ser médico.

Mas calma: não caia nessa! 

Primeiro de tudo: sim, a cada ano terá mais médicos formados no Brasil. Isso faz com que a concorrência aumente, tanto para o mercado de trabalho quanto para as provas de residência médica. 

No entanto, ainda assim, há muito espaço para exercer a medicina no Brasil. Há uma discrepância em relação à distribuição de médicos nas regiões do Brasil. 

O mercado será bom para quem é bom e ruim para quem é ruim. Como em qualquer outra profissão.

Além disso, a medicina ainda é uma profissão que possui uma remuneração acima da média geral dos brasileiros. 

Portanto, saiba que há sim muitos profissionais frustrados que não souberam lidar com estas mudanças e que vão tentar jogar essa insatisfação para você. Até porque, antigamente bastava “apenas” cursar medicina para você garantir o seu futuro na medicina.

Mas saiba que isso não é o fim da medicina. No entanto, estas mudanças exigirão de você outras habilidades que a faculdade não te ensina e que serão necessárias para você se destacar no mercado de trabalho.

  1. Saiba se preparar para as mudanças que estão acontecendo 

Faça a sua parte durante a faculdade de medicina em 2022: estude a matéria, monte um currículo que te proporcione ganhos secundários as suas atividades, seja interessado e pró ativo, desenvolva habilidades de comunicação e  networkings. 

Mas saiba que outras habilidades também serão importantes para o seu futuro. Aqui no Além da Medicina, a gente te ensina a aprender a gerenciar suas finanças para não depender de plantões, a aprender habilidades que a faculdade não te ensina e a se preparar para as provas de residência médica. 

  1. Siga o @alemdamedicina

Por fim, não deixe de seguir o nosso Instagram para acompanhar todas as dicas que rolam por lá.

Até a próxima!

Marília Damo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.