Saúde física na faculdade de medicina: 5 “nãos”

Saúde física na faculdade de medicina: 5 “nãos”

Que cuidar do físico é importante todos sabemos, mas nem sempre é fácil dar atenção pra saúde física na faculdade. Com provas e mais provas, testes, seminários, eventos e estágios, é comum o acadêmico priorizar estudos em detrimento de saúde física.

Claro, em alguns momentos você realmente precisará faltar a academia ou deixar de dar aquela corridinha matinal. Mas isso só deve ocorrer em poucos casos, é importante manter uma rotina de exercícios durante o curso de medicina.

Por isso, é importante você controlar a sua gestão do tempo e organizar sua rotina pra conseguir fazer exercício ou cuidar da sua saúde física na faculdade da maneira que preferir!

A gente não tá falando aqui que você precisa ter um abdômen trincado ou conseguir correr 10 km com um pace abaixo de 4 minutos, isso fica a critério de cada um. O importante é se manter saudável e ativo, o que, inclusive, pode ter repercussão boa sobre o psicológico e sobre a concentração!

Pensando nisso, existem algumas questões importantes que devem ser evitadas, e vamos falar um pouquinho sobre 5 delas aqui, beleza?

Vamos lá então!

1 – Não deixe a matéria acumulada consumir o tempo dedicado à saúde física na faculdade

Às vezes a matéria é como uma bola de neve, a gente sabe. Vai se acumulando cada vez mais e quando você para e senta pra ver, tem 10 capítulos enormes do Harrison pra ler. Isso já aconteceu até com os alunos CR 10, muito provavelmente.

E aí o que muitos acabam fazendo?

Pra correr atrás desse prejú, o aluno acaba abdicando do físico para estudar. Então mata a academia uma vez, duas vezes, três vezes e quando menos perceber, se passou um mês e você não se exercitou.

Exatamente por isso, é importante que você saiba administrar a matéria acumulada, de maneira a conseguir conciliar a rotina de estudos com a saúde física na faculdade. Aproveite as pausas pra malhar, os descansos para se alongar e por aí vai!

2 – Não se deixe levar pela inércia

Sabe aquele ditado famoso que “toda jornada de mil quilômetros começa com o primeiro passo”? Então, a lógica com a saúde física na faculdade é bem parecida!

Por exemplo, você que nunca gostou de acordar cedo e resolve começar a malhar antes da primeira aula às 8 da manhã. Nos primeiros dias, vai querer quebrar o despertador, mas cada vez mais você vai se acostumando e inserindo aquele hábito na sua rotina.

E isso não vale só pra quem quer ser uma pessoa matutina, vale para quaisquer exercícios em qualquer hora do dia. Então começa! Dê o primeiro passo, quando menos perceber, já estará no km 1001.

Imagem para o ditado "toda jornada de mil quilômetros começa com o primeiro passo"

E esse começar nos leva a dica 3 que é fundamental para você não abandonar tudo em uma semana.

3 – Não vá além da sua capacidade

Como eu acabei de falar aí em cima, a capacidade física é uma progressão paulatina e constante. Por isso, não vá achando que no primeiro dia de academia vai conseguir levantar 3 dígitos no supino. Você não precisa começar com uma hora de treino por dia, 7 dias na semana. Se você está sem nenhuma rotina atualmente, coloque 2 dias com 20 minutos de exercício, logo logo você acha espaço para um terceiro dia com 20 minutos, depois aumenta para 30 minutos e quando você ver, já estará todo fitness.

Use esse momento inicial para conhecer seu corpo e saber até onde você vai, pra sempre respeitar esse limite. Certamente existem casos que você vai precisar ultrapassar limitações para ir além, mas o foco aqui é preservar a sua saúde, não gastá-la.

Já imaginou se você tem uma luxação por levantar excesso de peso? E se você tiver uma canelite por correr mais do que aguenta? Isso vai atrapalhar a sua vida como acadêmico de várias maneiras, desde dificultar a concentração, pela dor, até gerar desconforto enquanto estiver de pé no hospital.

Por isso, se respeite. O ideal é você contar com a ajuda de profissionais especializados. Inclusive, já existem diversos programas de assessoria remota que são mais em conta e nem sempre vão exigir que você gaste mais dinheiro em academias ou clubes.

Preserve seu corpo e sua saúde!

4 – Não deixe de manter a constância com a saúde física na faculdade

Sim, se exercitar direto cansa. Tem dias que você simplesmente não está com paciência. Em outros você está super cansado da noite mal dormida no plantão noturno. Isso tudo faz parte, fica tranquilo que é normal.

Apesar disso, a saúde física é uma construção diária. Mais uma vez, é essencial ter um planejamento e dedicar um tempo da sua rotina pros exercícios. De nada adianta ir por um mês todos os dias na academia e depois ficar 3 meses sem pisar lá dentro.

Com o tempo você vai até começar a perceber resultado legais, sejam eles mais força muscular, mais agilidade, mais resistência, enfim, diversos benefícios que só o cuidado com a saúde física pode trazer.

5 – Não menospreze o descanso

Outra função importante de planejar a sua rotina é saber quando você pode descansar. “Mas Eric, você não disse que eu deveria manter constância quando pensar na saúde física na faculdade?”

Sim, eu disse. Mas parte da constância é deixar o seu corpo se recuperar. Afinal, de que adianta cuidar do físico se você vai estar muito cansado pra estudar?

Exatamente por isso o descanso é tão importante, tanto o físico quanto o mental. A quantidade de descanso vai variar entre cada um e entre os diferentes níveis de condicionamento físico, mas ainda assim é sempre importante.

Planejamento é a chave da saúde física na faculdade

Como você já deve ter notado ao longo do texto, a saúde física na faculdade depende de planejamento. Por isso, tente se organizar e não abra mão dessa rotina que vai ser tão benéfica pra você e até mesmo pro seu curso.

É possível você ser um aluno diferenciado enquanto cuida do físico! Então não dá esse mole, pra não se arrepender lá na frente.

E lembrando uma vez mais, gente, que eu não sou profissional de educação física, mas a sua saúde física na faculdade com certeza passa por todas essas dicas que te dei!

Pra saber ainda mais, fica ligado no nosso canal do YouTube e no nosso Instagram, que sempre rolam dicas boas por esses canais também!

Um abraço,

Eric Slawka

 

Isso fez sentido pra você? Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Digite o email em que você quer receber o Checklist: