Como escolher estágio de férias de medicina?

Como escolher estágio de férias de medicina?

Alguns editais  de residência pontuam estágio de férias de medicina.

Isto não significa que você deva necessariamente fazer estágios durante todo o seu período de férias. Pelo contrário, aproveite este tempo também para descansar e fazer aquilo que você gosta. Esta folga também é muito importante para o seu desempenho e aprendizado durante o ano.

Então, se você for fazer algum estágio voluntário de férias, confira as nossas dicas: 

Muitos acadêmicos já no início da graduação pensam que devem decidir qual especialização seguir. Assim, escolhem estágios em áreas específicas desde o início da faculdade.

Acontece que, há uma probabilidade muito grande de você mudar de opinião até o final do curso. Isso porque, durante a graduação você irá ter rodízios em diversas áreas. Logo, poderá ver um pouco da rotina de cada uma.

Muitas vezes, aquela matéria que você se identificou na graduação não será necessariamente a especialidade que você irá seguir carreira. Uma vez que há muitas coisas a se pensar na hora de decidir a sua especialidade. Por exemplo: rotina de trabalho, estilo de vida, plantões, ambiente hospitalar ou ambulatorial e etc.

Sendo assim, se você estiver no início ou no meio da graduação e pretende fazer algum estágio de férias, tente optar por estágios de áreas mais abrangentes.

Afinal, antes de qualquer área de especialização, você se formará como médico generalista. Não esqueça disso.

Portanto, adquirir habilidades gerais durante os estágios de férias da graduação é muito válido. Algumas áreas podem te proporcionar isso. Por exemplo: emergências, unidades de terapia intensiva e clínica médica.

Como escolher os estágios obrigatórios do internato?

As faculdades de medicina, em geral, possuem em sua grade curricular três meses do internato. Este período é destinado a estágios curriculares na área em que o aluno desejar. Neste período ele fica liberado das suas atividades da graduação.

Nesta fase do curso, você pode seguir a mesma dica dos estágios voluntários de férias. Assim, ganhando experiência para trabalhar como médico geral após formado.

No entanto, no internato, fica a sua escolha usar estes meses para estágios em especialidades ou não.

Esta decisão irá depender de alguns fatores. Por exemplo: estágios que você já fez anteriormente, se você irá trabalhar antes da residência ou não, o quão preparado você se sente em relação às habilidades médicas, prática e etc.

Por outro lado, se você está em dúvida em qual especialidade seguir, usar os estágios obrigatórios pode ser uma forma de ajudar na sua decisão. Isso porque, nos estágios você poderá vivenciar um pouco da rotina da especialidade. Além disso, você poderá conhecer alguns serviços de residência antes de prestar prova naquele loca.

Por fim, lembre-se:

– Escolha estágios que lhe proporcionem aprendizado. Não foque apenas na pontuação do seu currículo.

– Tire um tempo para descansar nas suas férias.

– Não se precipite em decidir a sua especialidade no início do curso e escolher os seus estágios apenas nesta área. As chances de você mudar de ideia são grandes.

– Seja proativo, estude os casos que viu no dia e aproveite ao máximo o seu estágio.

Até a próxima!

Marília Damo

 

Isso fez sentido pra você? Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Digite o email em que você quer receber o Checklist: