Como vender o seu conhecimento médico?

Como vender o seu conhecimento médico?

Vender o seu conhecimento médico é uma ótima forma de aumentar a renda. Prova viva disso é a quantidade de cursos e aplicativos médicos por aí! 

Apesar disso, ainda há quem seja relutante. Mas vai por mim, o futuro tá chegando, precisamos nos adaptar. Por isso, hoje a gente vai falar um pouco sobre porque e como vender o seu conhecimento médico.

Fica ligado!

Por que é interessante vender o seu conhecimento médico?

Em primeiro lugar, tem o que já falei ali em cima. Essa é uma maneira de ganhar um dinheirinho a mais. Ou seja, você aprende enquanto ganha dinheiro! Isso, porque você está estudando constantemente para poder vender o conhecimento médico.

Além disso, pode ser uma estratégia de marketing  interessante. Ao vender o seu conhecimento médico,  você estará gerando autoridade. Com isso, você ganha reconhecimento e visibilidade. Claro, o seu conhecimento precisa ser de qualidade.

Em um mundo no qual o digital só cresce e a telemedicina ganha mais e mais espaço, é importante ser conhecido. Assim, você consegue aumentar sua base de pacientes, mesmo se “vender o seu conhecimento médico de forma gratuita”.

Como assim “vender gratuito”?

Na realidade, não é uma venda, mas sim disseminação de conteúdo. Isso mesmo: você não precisa cobrar por todo conhecimento médico que vende!

Pra você conquistar o paciente, precisa convencer que você é bom. E que maneira melhor de provar isso do que ensinando ele? Ou seja, em vez de vender o seu conhecimento médico e lucrar, você vai conquistar pacientes.

Pacientes esses que vão consultar com você no futuro e te pagar pela consulta. Por isso que você “vende gratuitamente”. Você não cobra pelo conteúdo, mas no final das contas, acaba recebendo por eles.

Só toma cuidado, hein? Nem tudo é permitido, então confere esse post sobre publicidade e evite processos judiciais.

Além disso, você pode vender o seu conhecimento médico antes de ganhar seu CRM

Nada impede que você, ainda estudante, venda conteúdos. Só é extremamente importante você deixar beeeeeeem claro que ainda não é médico!

E conhecimento médico não é só sobre doenças ou focado nos pacientes. Você pode muito bem dar aulas de anatomia ou fisiologia pros amigos, por exemplo. 

Dessa forma, você consegue ganhar dinheiro na faculdade de medicina. Além disso, você pode fazer um investimento a longo prazo e já começar a construir uma audiência. Aí quando se formar, converte essa audiência em clientes e lota seu consultório.

Com essa renda extra e uns conhecimentos de finanças, o céu é o limite. Aproveita e já dá um confere lá no Finanças Dominadas, pra aprender tudo e mais um pouco sobre investimentos!

Mas afinal, como vender o seu conhecimento médico?

Aqui, vou dar 3 dicas pra vocês se inspirarem. No entanto, existem várias maneiras e não vai ser possível falar todas. Desde que vocês respeitem todas as regras, vale tudo! Vamos lá, então?

1 – Cursos para leigos

Por leigo, você deve entender qualquer pessoa de fora da área da saúde. Ou seja, você vai ensinar, de maneira bem compreensível, sobre saúde. Então, pode ensinar sobre viver melhor com alguma comorbidade, como minimizar lesões durante exercícios e muitos outros temas.

Aqui, é essencial lembrar de usar uma linguagem que os seus alunos entendam. Não adianta ficar usando mil termos técnicos. Conheça bem sua população alvo e direcione o seu conteúdo para ela.

2 – Cursos para outros médicos e acadêmicos

Agora o foco é outro. Pega aquele tema que você domina bem e ensine outros profissionais e futuros profissionais de saúde.

Agora, a linguagem já pode ser um pouco mais técnica. Mas tenha em mente que o seu conteúdo precisa ser muito bom. Afinal, você está ensinando pessoas com um bom conhecimento já.

Nesses dois que acabei de falar, o Instagram pode ser um excelente aliado! Checa lá no MedSkill  umas dicas de como alavancar o seu!

3 – Escrever para instituições produtoras de conteúdo médico

Existem várias empresas por aí que produzem conteúdo médico a todo vapor. Você pode vender o seu conhecimento médico através delas. Basta procurar no Google, opções não faltam, mas uma boa referência é o PEBMED.

Bom pessoal, por hoje era isso que eu queria conversar com vocês. Espero que tenham sucesso pra vender conhecimento médico. Tenham em mente que, mesmo que indiretamente, você está ajudando os pacientes e promovendo saúde. Use isso como combustível e pisa no acelerador! Se precisarem, só chamar lá no Insta.

Grande abraço,

Eric Slawka

 

Isso fez sentido pra você? Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Digite o email em que você quer receber o Checklist: