Liga acadêmica: 5 dicas de como dirigir 

Liga acadêmica: 5 dicas de como dirigir  

A liga acadêmica é uma parte importante da faculdade de medicina. Exatamente por isso, hoje vamos falar um pouquinho porque é legal participar de uma.

Como ligante, você vai aprender muito. No entanto, estar na diretoria da liga acadêmica traz aprendizados a mais. Ser o presidente da liga de empreendedorismo da minha faculdade e estar em outras diretorias com certeza já me agregou muito!

Então, vou focar um pouquinho nelas e até dar umas dicas de como dirigir uma. Fica ligado!

Mas vamos começar do básico, já que podem ter calouros por aqui.

O que é uma liga acadêmica?

Basicamente, são espaços de discussão, conversa e aprendizado. Por mais que a faculdade de medicina dure 6 anos, não dá pra abordar tudo. Por isso, as ligas acadêmicas buscam ocupar esse espaço.

Com as ligas, você consegue discutir mais a fundo temas e especialidades. Dessa forma, aprende um pouco (ou muito, só depende de você) mais sobre esses temas, sem depender diretamente da faculdade.

Podem existir ligas de todas as especialidade e até outros assuntos, como empreendedorismo, tecnologia, por aí vai! Inclusive, as ligas acadêmicas podem ser uma bela ajuda na hora de escolher a sua especialidade!

E aqui já vou te dar uma dica de ouro. Se não existir liga de alguma especialidade na sua faculdade, nada te impede de criar!

Como funcionam as ligas acadêmicas?

Acredito que haja especificidades nas faculdades. Na minha, por exemplo, antes da pandemia, os encontros eram na hora do almoço, semanalmente ou quinzenalmente.

Nesses horários, os ligantes se reúnem e assistem uma palestra ou aula de um professor ou outro convidado. Ou seja, é uma atividade complementar com profissionais da área de interesse da liga acadêmica.

Com isso, as ligas são um plus na faculdade. Assim como indicamos tantas atividades complementares, como leitura, a liga acadêmica está na mesma vertente! Só cuidado pra não se enrolar com sua própria agenda e perder a sua saúde. A liga acadêmica deve agregar.

E vale a pena participar de uma liga acadêmica?

Aqui, vou precisar dividir em duas partes. Isso porque você pode participar tanto como ligante quanto como diretor. Mas vamos lá!

Vale a pena ser ligante?

Com a liga acadêmica, você vai aprender vários conceitos e teorias novas. Junto com outras habilidades, ela te ajuda a ser um aluno fora da curva e construir um Lattes maneiro.

Por isso, é legal ser ligante. Além disso, como eu já adiantei, é uma boa maneira de se introduzir no mundo das especialidades.

Como ligante, você só vai precisar tomar dois cuidados principais:

1 – Mantenha a organização, toma cuidado pra não entrar em mil ligas e se enrolar, comum nos dois primeiros períodos

2 – Não adianta ir só pelos certificados

Vale a pena ser diretor?

Na diretoria, você tem os mesmos ganhos que os ligantes e alguns mais. Existem dois ganhos principais, ao meu ver, um deles que vale pra qualquer aluno e o outro que vale mais pra quem quer seguir a especialidade da liga acadêmica.

O primeiro é o desenvolvimento de habilidades além da medicina. Para gerir qualquer coisa, você precisa delas, seja apresentar slides ou gestão do tempo. São habilidades que não entram no currículo, mas te tornam diferenciado.

Além disso, você consegue começar a construir uma base de networking bem legal. Por isso que vale mais pra quem já tem interesse na especialidade da liga. Então de preferência pras diretorias dessas ligas.

Ser da diretoria, realmente pode ser um diferencial ótimo na sua formação. Por isso, vou dar aqui 5 dicas pra sua liga ser referência!

Dicas pra dirigir a sua liga acadêmica

Dica 1: Forme uma diretoria proativa e interessada

Na hora de selecionar novos membros, tente entender a motivação deles em estar na diretoria. Um grupo bom e unido consegue mudar o caminhar da liga. De quebra, já é um treino pras entrevistas de residência.

Dica 2: Não restrinja a liga acadêmica às aulas

A liga acadêmica pode até surgir assim, mas não deve ficar só nisso. Faça projetos de extensão, foca na produção científica, apresentações em congressos, por aí vai!

Com isso, a sua liga e vocês vão ganhando reconhecimento e desenvolvendo todas as habilidades legais que já conversamos.

Dica 3: Mantenha seu orientador por perto

Toda liga acadêmica possui um orientador, geralmente um professor da faculdade. Por isso, ele já esteve onde nós estamos e já passou por várias etapas da carreira. Assim, ele vai ter muito a ajudar e orientar.

Então mantenha ele atualizado e aproveite a experiência dele. Inclusive, já é o seu networking começando a crescer.

Dica 4: A pandemia não pode parar a sua liga acadêmica

Mesmo que muitas faculdades estejam com atividades mistas ou remotas, sua liga não precisa parar. Faça aulas virtuais, eventos remotos e tudo mais que a internet permitir. Se até a telemedicina evoluiu, nada impede sua liga de crescer no online!

Dica 5: Maratone o Medskill 

O Bernardo deu várias aulas incríveis por lá. Presta atenção e tenta aplicar na sua liga, vai evoluir com certeza. Ele ensina como planejar atividades, cronogramas e o funcionamento como um todo da liga. Falo por experiência própria!

Bom pessoal, espero que vocês consigam aproveitar tudo que uma liga acadêmica tem a oferecer, tanto como ligantes quanto como diretores! Sucesso, e se precisarem só chamar lá no nosso Insta!

Grande abraço,

Eric Slawka

 

Isso fez sentido pra você? Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Digite o email em que você quer receber o Checklist: